fbpx

Quando você deve jogar mais agressivo no poker

Saber quando você deve jogar mais agressivo no poker é sempre um dos problemas para quem está iniciando. Quanto mais você joga, mais situações aparecem em que você, recapitulando as jogadas, pode sentir a sensação de que deveria ter sido mais agressivo.

Nesse cenário, vamos mostrar algumas situações em que você deve ser mais agressivo ao jogar com uma mão forte, ou seja, uma boa mão dentro das combinações de mãos no poker.

Cuidado com Slow play automático

Uma das principais fraquezas de diversos jogadores é o fato de automaticamente fazerem o slow play quando acertam uma mão forte. Isto pode causar vários problemas, desde a proteção insuficiente da sua mão, dando a chance ao seu oponente de melhorar a mão e ganhar de você, ou até mesmo o problema mais básico de não extrair valor suficiente da mão que você vai ganhar.

Então, vamos ver alguns exemplos de quando você deve pensar mais criteriosamente sobre como jogar as mãos fortes.

Com trinca no flop

Seu par de mão superou a probabilidade de 8,5 para 1 e acertou a trinca no flop. Esta é uma excelente situação no jogo e trata-se de uma mão muito bem protegida. O problema é que justamente por ser uma mão muito escondida, a maioria dos jogadores prefere não arriscar mostrar a força da mão apostando direto no river, em vez disso, a maioria dos jogadores automaticamente prefere o slow play das trincas no flop.

Algumas vezes esta estratégia pode ser uma opção viável e pode induzir outros jogadores a comprometerem suas fichas no pote antes de você revelar a força da sua mão e aumentar, ou optar por simplesmente fazendo o slow play e só fazer o call das apostas no flop.

Mas antes de realizar o slow play, é preciso considerar o flop e perceber os draws possíveis no flop, e se você fizer o slow play poder existir uma grande chance de deixar seu oponente ver uma carta que pode melhorar o jogo dele, de graça.

  • Existem duas ou mais cartas do mesmo naipe no board?
  • Há duas ou mais cartas que possibilitem uma sequência no board?

Então, precisamos analisar o flop, se há um flush draw ou straight draw no board o slow play definitivamente não é uma opção, e portanto você deve garantir que se alguém quiser acertar o flush ou straight draw, vai ter que pagar o preço.

Naturalmente você deve ser mais direto ao acertar uma trinca. É uma mão bem escondida e muito improvável que um adversário possa considerar a minha trinca se eu sair apostando direto, é mais provável que considerem que tenho uma mão mais mediana, tipo top pair.

Na verdade é aqui que o argumento sobre slow play vai pro ralo, pois o slow play seguido por repentinos calls e raises dá ao oponente a informação que ele precisa para considerar “ele acertou a trinca?”

Ter Flush baixo ou médio no flop

Aqui vamos trazer um exemplo clássico que ilustra como o slow play pode te trazer bastante problema. Você tem 5 e 6 de paus e o flop mostra 3 cartas de paus. Você possui uma mão forte, porém, muito vulnerável.

Pode ser que já tenha alguém com um flush maior que o seu, ou um ou mais oponentes com apenas uma carta de paus na mão, com o draw para um flush bem maior que o seu.

Só existe uma coisa que você pode fazer aqui, que é apostar no flop e tentar descobrir sua situação na mão.

Apostar tem dois objetivos neste caso:

O primeiro é fazer com que o jogador com um flush draw pague para ver a próxima carta.

Já o segundo é coletar mais informações que possam sugerir se um de seus oponentes já tem uma mão melhor que sua.

Se você por acaso se deparar com uma grande resistência e 3-bet do oponente, é prudente considerar a possibilidade de que alguém já tenha um flush maior, e largue a mão se você realmente suspeitar dessa possibilidade ou tente manter o pote o mais baixo possível com checks e calls.

Conectando no flop com A-K

A última mão forte que analisaremos aqui é quando temos A-K e conectamos no flop. O flop trouxe A-7-4, ou seja, você tem o top pair.

Esta é outra situação típica em que diversos jogadores farão o slow play, e isso faz com que percam muitas oportunidades. Esta situação é bastante vulnerável e não apenas temos os perigos de mãos com draws por straights e flushes que discutimos acima, mas ainda existe a possibilidade de estarmos sendo derrotados por oponentes que tenham dois pares, tipo A-7 ou até mesmo alguém com par de mão que acertou a trinca.

A única maneira de jogar este tipo de mão é ser direto e apostar, ou fazer um pequeno aumento se alguém apostar contra você. Você precisa agir de forma que lhe renda mais informação.

Uma aposta ou raise neste caso não só obriga seu oponente a pagar para ver outra carta se estiverem com um draw, mas também vai te dar alguma informações sobre a força da mão de seus oponentes e se você precisa ou não diminuir as apostas, ou largar a mão se o seu oponente deixar claro que você está perdendo.

Agora você sabe quando você deve jogar mais agressivo!

Acertar uma mão forte é sempre um bom motivo para comemorar, mas como vimos é preciso garantir que vamos jogar a mão da forma correta para extrair o máximo de valor dela ao mesmo tempo em que protegemos tanto ela quanto o nosso stack.

Gostaria de mais conteúdos sobre poker online? Então siga a Betz Créditos no Insta @betzcreditos ou acompanhe o nosso Blog.