Adaptação de ranges

No meu primeiro artigo falei sobre a importância da atenção. Neste segundo, quero falar sobre um aspecto mais técnico do jogo. Um conceito onde um número extremamente expressivo de jogadores costuma se perder. Adaptação de ranges.

Quando você começa a aprender poker, uma das primeiras assimilações que costuma acontecer, é que quanto mais em posição inicial você se encontra, mais curto é o seu range. Logo, o contrário também é real. Quanto mais próximo aos blinds você está, maior é a gama de mãos que você pode utilizar para jogar. Entretanto, posição não é o único elemento que altera ranges. Nosso próprio stack, e o stack dos outros jogadores da mesa, o histórico de mãos, a fase que o torneio se encontra, também são fatores para tal.

Imagine a seguinte situação, você tem 25bbs no botão com 87o. Essa é uma mão que está presente no seu range de open do botão. Entretanto, o small blind tem 20bbs, e o big blind tem 15bbs, o que nos remete a duas situações diferentes. A primeira é que sofreremos bastante reesteal. A segunda é que o big vai defender muita coisa, e por conta do tamanho do pote ficar tão próximo ao stack dele, ele possa jogar de check/shove muitas vezes. Sendo assim, parece que não vai ser bom abrirmos o 87o. Faremos uma adaptação em nosso range, optando por retirar combinações que não fazem tantos top pair, que são offs, que consequentemente estão na parte mais fraca do nosso range.

Entretanto, comecei com um exemplo fácil, pois o botão tende ser a posição onde os jogadores naturalmente tendem mais a adaptar. Só que sempre devemos estar ATENTOS para mudar nosso range. A posição onde os jogadores menos se adaptam são justamente as iniciais, utg, e utg+1, por serem ranges mais curtos e estáticos, muitos jogadores simplesmente não conseguem sair da cartilha, perdendo dinheiro por isso.

Passe a jogar observando sempre o botão, e os blinds. Antes de dar aquele fold automatizado, pense se não é uma situação para abrir um pouco seu range. Mas seja responsável, abra ou diminua seu range sempre pelo lado mais lógico. Para isso, estude “construção de ranges”, esse provavelmente é o maior gatilho para um jogo vencedor. Preste atenção nas informações disponíveis, e se adapte sempre.